Coaching Faq’s

(Des)Crenças… noivas mais autênticas

Todos os dias e cada vez mais, independentemente se se é noiva ou não, entra pelos nossos olhos o termo “crença”. No processo de coaching para noivas, esta palavra tem contornos expressivos.

Existem várias definições para explicar este termo, mas de uma forma simples podemos definir crença uma ideia  que se considera verdadeira e à qual acreditamos com convicção de que não existe outra forma de acreditar. Noivas, na verdade, ao acreditarem em verdades absolutas acabam por deixar que a vossa felicidade seja comprometida. Por exemplo, imaginem que acreditam que no dia do casamento têm que agradar a todos os(as) convidados(as). Como se sentem ao pensarem desta forma?

Pois é, a verdade mostra-nos que na maior parte das vezes, quando nos sentimos desconfortáveis com determinada resposta que nos obrigamos a acreditar, é sinónimo de que algo não está bem… de que vocês sabem que estão a obrigar-se a fazer algo que a “mente coletiva”, isto é, que os estereótipos gerados no seio da sociedade, vos disse que era suposto ser feito.

Mas as crenças também podem ser criadas por cada uma de vós. Elas podem ser formadas a partir da visão que a pessoa tem de si e do mundo. É através de nossas crenças que olhamos para todas as situações de nossa vida. Há uma expressão usada na Programação Neurolinguística (PNL) que reflete este ideia: “mapa não é o território”. Efetivamente, interpretamos e damos significado às coisas tendo por base as nossas representações, a nossa educação, experiências, relacionamentos… e todos os eventos podem dar forma a conceitos inválidos e desenvolvendo crenças que chamamos limitativas e disfuncionais. E são estas que devemos estar alerta!

Noivas do Daqui até ao sim, estabeleçam um bonito e verdadeiro diálogo convosco próprias e assumam para vocês quais as crenças que consideram que vos têm impossibilitado de ter uma experiência até ao grande dia única e autêntica. Talvez esta experiência da tua vida seja o momento para fazeres as pazes contigo e colocares umas novas lentes, mais límpidas, e começares a olhar para ti e para a vida de uma forma diferente. Abandona essa cassete que possa ecoar dentro de ti de que tudo tem de ser perfeito e que tens de controlar tudo e de agradar todos.

No processo de autocoaching, faço muitas vezes a questão para mim “o que é importante para mim segundo os meus valores e quem sou?”. Na maioria das vezes, a resposta, que se traduz em comportamentos, implica agir de forma contrária ao que é “suposto” fazer. E sabem, no final está sempre tudo bem, porque eu estou bem e os que me rodeiam sorriem.

Desafio-te a aproveitares esta fase enquanto noiva para te “descrençares”.

 Coach Anabela Seabra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>